DAF-The-New-XF-grill-Wallpaper-04

Power-to-Liquid

Redução de até 100% nas emissões de CO₂

 

Quando olhamos para o futuro, vemos combustíveis que podem originar uma redução de 100% nas emissões de CO2. Estes combustíveis "Power-to-Liquid" implicam a utilização de eletrólise e eletricidade verde para a produção de hidrogénio, o qual é, então, combinado com CO2 reciclado para produzir um diesel sintético.

 
 

Recolha do CO2 

Os filtros atualmente em desenvolvimento para a recolha e armazenamento de CO2 são fundamentais para o principio dos combustíveis "Power-to-Liquid".

A recolha do CO2 libertado durante a combustão e a respetiva combinação com hidrogénio completa o círculo, com o CO2 inicialmente libertado a ser reutilizado para a criação de combustível.

power to liquid
 

Neutralidade do CO2

Os combustíveis "Power-to-Liquid" do futuro podem ser distribuídos através da rede existente de postos de abastecimento e podem, inclusive, ser utilizados em motores a diesel dos dias de hoje. São completamente neutros em termos de CO2, durante todo o seu ciclo de vida, desde que, obviamente, o hidrogénio seja produzido com energia solar, hídrica ou eólica.

Os combustíveis "Power-to-Liquid" estão, neste momento, a ser produzidos a um custo relativamente elevado e a uma escala reduzida em ambientes de laboratório. Espera-se que estejam prontos para serem utilizados numa escala mais ampla entre 2025 e 2030.